Educação & Cultura

A cultura de Lauro correndo o país, quem quer faz, não espera acontecer, parabéns Candelabro

20770365 10209591213912833 190297819745752995 n
NeyBarbosa
Escrito por NeyBarbosa

A gestão cultural, em Lauro de Freitas, há anos carrega o fardo de não ter autonomia e/ou recursos para investir na implementação, apoio e criação de projetos, que possam circular pelas comunidades, levando arte como mola propulsora de socialização, fomento, paz e criação de oportunidades.

Neste entra e sai de governo, quase nada de substancial vem sendo feito para mudar a inércia no setor público cultural. É imoral manter uma pasta como a SECULT, sem condições de trabalho, é imoral manter uma folha de pagamento e cargos com quase nada de substancial que justifique o gasto do erário, é imoral subir no palanque “gritar e prometer” mudanças e não cumpri-las, mas imoral ainda é quem aceita os cargos, sabendo que nada pode fazer e, ainda assim, com as mãos atadas, seja por uma equipe sem experiência, manejo cultural e/ou representatividade na cena artística, permanecerm sem frutificar, colocando a culpa nos outros.

20770365 10209591213912833 190297819745752995 n

Já o corpo “técnico” é indicado por partidos e lideranças partidárias (políticos), que pensam, apenas, em reforçar suas possibilidades eleitorais e contemplar suas lideranças. E o fomento cultural? Esse é o último dos casos…

Sem a preocupação de que não estão contribuindo para o avanço da nossa cultura (por conta da falta de visão e respeito de prefeitos, prefeita, secretariado e equipe), como conseguem dormir com tranquilidade? Eu, às vezes, fico com insônia, tenso, preocupado com a estréia e shows importantes, mas os gestores que deveriam pensar ‘macro’ vivem com “tranquilidade”, como se a responsabilidade de fazer uma boa gestão não passasse por suas mãos. Fico a me perguntar, como uma pessoa pode viver sem olhar para o horizonte e ou o retrovisor, sabendo que seu nome está sendo vinculado ao repouso cultural? Sem nada, nadica de nada de substancial acontecendo, que eleve à arte entre os artistas e a população de nossa Lauro de Freitas. Infelizmente essa é a nossa triste realidade, nada contra aos gestores, é apenas um desabafo, quero que melhore e a nossa cidade seja uma referência em fomento e políticas públicas no segmento cultural. 


Fonte: mwcomunicacao.blogspot.com.br
Postado por: Márcio Wesley

Sobre o autor

NeyBarbosa

NeyBarbosa

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: