Cidadania

Críticas às reformas, marcam abertura da Conferência de Assistência Social, em Lauro de Freitas

DSC 0040
NeyBarbosa
Escrito por NeyBarbosa

A apresentação do coral, do Projeto Vida, que atua na área de iniciação musical e artes, para crianças carentes do Conjunto Residencial Dona Lindu, em Itinga, abriu, nesta quinta-feira (17), a 11ª Conferência Municipal de Assistência Social de Lauro de Freitas. A ação, que se estende até esta sexta-feira (18), acontece no auditório do Instituto Federal da Bahia (IFBA).

De acordo com a secretária municipal de Assistência Social e Cidadania (Semdesc), Huldaci Santana, o evento avaliará a política de assistência em Lauro de Freitas, a fim de definir diretrizes para o aprimoramento do Sistema Único de Assistência Social (Suas).

“Entendemos que essa construção se dá de forma coletiva. A assistência é um direito do cidadão e um dever do estado, o que nós não podemos é permitir retrocessos”, destacou a gestora referindo-se à subtração de direitos do trabalhador, através da reforma trabalhista, realizada este ano, pelo governo federal, aliada à, igualmente contraditória, reforma previdenciária, que retira garantias conquistadas no início do século XX.

A superintendente do Suas no município, Lourdes Lobo, informou que uma restruturação do sistema está prevista para o próximo ano, com a possibilidade de concurso público para os profissionais da área. “Este é o momento de construção e conferir o que foi feito e o que podemos fazer”, explicou.

DSC 0040

Com o grito de “nenhum direito a menos”, o secretário estadual dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Carlos Martin,s manifestou seu repúdio ao atual governo que, de acordo com ele, realiza política de interesses em benefício de pequenos grupos do país. “As panelas estão caladas, as mesmas que colocaram esse regime no poder” frisou.

Nesta sexta-feira (18), as atividades iniciam as 8h com apresentação cultural. Em seguida a programação abordará os avanços e retrocessos na política de Assistência Social na cidade.

DSC 0098

Após a palestra “Garantias dos Direitos no Fortalecimento do Suas”, tema da Conferência este ano, grupos de trabalho (GT) serão formados com divisão de eixos pré-estabelecidos pela organização.

Os trabalhos de cada GT serão apresentados ao final do dia, quando ocorrerá a eleição para delegados que deverão participar da 11ª Conferência Estadual de Assistência Social.


Fonte: ASCOM Prefeitura de Lauro de Freitas – 17/08/2017

Sobre o autor

NeyBarbosa

NeyBarbosa

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: