Saúde

Mutirão de Cirurgias de Lauro de Freitas faz nova triagem nos dias 24 e 25

capa
NeyBarbosa
Escrito por NeyBarbosa

Para quem não pôde participar da primeira fase de triagem, do Mutirão de Cirurgias, haverá uma nova oportunidade. Nos dias 24 e 25, quinta e sexta-feira da próxima semana, o programa volta a Lauro de Freitas. Os procedimentos serão os mesmos ofertados na primeira etapa: histerectomia, hérnia e vesícula.

O atendimento será realizado no estacionamento do Restaurante Popular, a partir das 7h. O programa é uma realização do Governo do Bahia em parceria com a Prefeitura de Lauro de Freitas.

Serão 200 atendimentos por dia. É necessário que o paciente tenha indicação médica para cirurgia e apresente exames de sangue (glicemia, hemograma completo, ureia, creatinina, coagulograma, TAP, TTPA). Os exames de imagem podem ser feitos no local. Para os casos de histerectomia é necessário o exame preventivo e os pacientes que farão procedimento de vesícula precisam estar em jejum para a realização do exame de ultrassonografia (USG) durante a triagem.

capa

As cirurgias agendadas, na primeira fase da triagem, já estão sendo realizadas no Hospital Dia Jorge Novis e, o atendimento dos profissionais em Lauro de Freitas, conquista os pacientes. Formada por profissionais municipais que compõe a equipe do hospital, e estaduais que formam a equipe específica para as cirurgias, o mutirão conta com servidores qualificados e comprometidos com o conceito de humanização.

“Desde o primeiro momento da triagem, até a realização da cirurgia, do porteiro ao cirurgião, o tratamento foi o melhor. A Prefeitura e o Governo estão de parabéns e espero que os moradores da cidade deem o merecido valor a essa gestão”, declarou Cristina Graça, enquanto aguardava o carro “Tou Voltando, para levar a irmã Carmen Lima pra casa.”

Moradora do bairro do Caji, Carmem estava há sete anos aguardando para fazer a cirurgia de vesícula. Durante a triagem, descobriu a existência de uma hérnia e fez os dois procedimentos no mutirão. “Estou muito satisfeita com a oportunidade de cuidar da minha saúde, de maneira tão especial como foi aqui”.

Nos primeiros nove dias, o mutirão realizou mais de 178 cirurgias, uma média de 20 procedimentos/dia. Do total de cirurgias realizadas, 44% são de moradores de outros municípios, a maioria delas de Salvador.

“Estou muito ansiosa e também muito grata pela maneira como fui recebida e como estou sendo tratada, além de mais tranquila em saber como serei operada, sem precisar cortar a barriga”, confessou Maria da Conceição enquanto aguardava para fazer a cirurgia de vesícula. A moradora do bairro de Mata Escura, em Salvador, não conseguiu o acesso ao procedimento na capital baiana. Maria da Conceição, assim como todos os pacientes de vesícula, será operada pelo método de vídeolaparoscopia, que evita grandes incisões no paciente, realizando, somente, um corte minúsculo no umbigo.

A prefeita Moema Gramacho visitou o hospital e testemunhou a satisfação dos pacientes. “Parabéns aos médicos, enfermeiros e a todo corpo técnico do mutirão. Só ouvi palavras positivas da equipe, da estrutura e das condições do nosso hospital”. Com a repescagem, o mutirão que teve 397 pacientes encaminhados na primeira etapa, deve alcançar 800 cirurgias com a nova triagem.


Fotos: Edgard Copque
Fonte: ASCOM Prefeitura de Lauro de Freitas

Sobre o autor

NeyBarbosa

NeyBarbosa

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: