728X90 SERASA EXPERIAN

Antônio Raposo Tavares

Bandeirante nascido em Beja de São Miguel, no Alentejo, Portugal, por volta de 1598. Veio para o Brasil em 1618, seu pai foi capitão-mor e governador da capitania de São Vicente. Fixou-se em São Paulo em 1622 participando mais tarde de bandeiras dedicadas à captura de indígenas e combate às reduções jesuíticas e, em meio a estas atividades, assegurou o desbravamento e posse das terras, garantindo as fronteiras nacionais para além do Tratado de Tordesilhas que delimitava nossa fronteiras com o domínio espanhol.

Em 1627 participou de uma expedição, destinada a destruir as missões dos jesuítas em Guaíra. O saldo é a captura de um grande contingente de indígenas a serem vendidos, sendo que estes últimos tiveram um papel fundamental na implantação da empresa açucareira, contradizendo, portanto, o velho argumento de que o índio era inapto ao trabalho agrícola devido à sua indolência.

Em 1636 chefia uma expedição contra as reduções do Tape (atual Rio Grande do Sul). Participa também da luta contra os holandeses na Bahia e em Pernambuco. O bandeirante tem o mérito de, com a destruição das missões jesuíticas, ter assegurado a posse das terras dos atuais estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Mato Grosso, realizando expedições até na Amazônia (1651). Morreu em São Paulo em 1658.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: