Armando Correa

O Combustível Humano e o Trabalho em Equipe

Em nosso meio existem várias formas de energia, a exemplo do petróleo e os seus derivados, cuja escassez se aproxima, haja vista ser um recurso natural não renovável. Este tipo de energia nos é familiar.

Por outro lado, há uma forma de energia pouco conhecida: a bioenergia (bio=vida+energia). Ela está presente em todo ser humano e serve para manter a vida, além de energizá-la. A diferença é que a sua renovação é constante.

Todavia, há uma questão a ser ponderada, e diz respeito à gestão bioenergética diária. O seu uso desregulado por meio de pensamentos dispersos em boa quantidade de tempo, oferece o esgotamento em muitas ocasiões. Opostamente, a concentração oferece o equilíbrio necessário para a renovação e o uso fluente. Repare como são os resultados de empreendimentos feitos sem a devida atenção e concentração e aqueles que recebem uma dose ideal deste benefício.

Além da energia interna e particular de cada pessoa, somos influenciados pela energia dos outros com quem nos relacionamos, seja por um período breve ou longo. Quando há uma combinação energética, embora as idéias sejam diferentes numa equipe, ocorre o fenômeno da sinergia. Ou seja, a atuação das energias proporciona um aumento de predisposição às atividades grupais, e os resultados tendem a ser bem mais satisfatórios do que se realizados individualmente. Esta articulação é uma competência inerente ao líder, observável nas descrições do renomado John Maxwell: “Um é um número muito pequeno para se alcançar a grandeza”, e ainda: “A interação leva a ação”.

Da mesma maneira que se busca alternativa para administrar a questão energética material, também no caso da bioenergia é necessária uma gestão mais adequada para o seu uso. Nela, troca-se o velho modelo de se desperdiçar energia com a falta de concentração e direciona o seu uso para trabalhos em equipe, cujos resultados superam a soma de suas próprias partes pela sinergia que acontece. Você já desenvolveu a habilidade de se concentrar mais, e o convívio do trabalho conjunto?

Sobre o autor

Armando Correa de Siqueira Neto

Armando Correa de Siqueira Neto

Armando Correa de Siqueira Neto
CRP 06/69637
Psicólogo, consultor, conferencista e escritor.
Professor de Gestão de RH da Faculdade de Administração de Limeira/SP.
Professor de Pedagogia Empresarial pela Faculdade Maria Imaculada de Mogi Guaçu/SP
Mestrando em Liderança pela Unisa Business School.
e-Mail:
Colaborador do Jornal Portal de Lauro

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto:
/* ]]> */